16 de novembro de 2015

Eu Estive Aqui


Eu estive aqui é o primeiro livro da autora Gayle Forman que eu leio. Tive o prazer de ganhar esse exemplar no meu aniversário, dia 10 de novembro. Obrigada, Valéria! *.* O livro mostra os momentos difíceis que Cody passa após o suicídio de sua melhor amiga, a jovem Megan Luisa Garcia, carinhosamente chamada de Meg por sua família e amigos. 

Meg e Cody costumavam ser inseparáveis. Cresceram em uma cidadezinha de Washington e planejavam estudar em Seattle. Porém Meg consegue uma bolsa de estudos em uma universidade privilegiada e Cody continua no interior de Washington estudando em uma universidade comunitária e trabalha fazendo faxinas para ajudar na renda. Até aí é mais do mesmo. 

A situação muda quando Cody e os pais de Meg recebem um email de despedida, que foi programado para horas após sua morte em um motel por ingerir um raro veneno. Os pais de Meg, abalados, pedem a Cody para buscar os pertences da filha na república em que morava e Cody se compromete a realizar o desejo deles. 




Lá ela conhece os colegas de Meg e até um guitarrista que poderia ter dado motivos para Meg se matar. Ben McCallister tinha um currículo gigantesco no quesito levar garotas para a cama e descartá-las depois. Mas o que ela descobre é que Ben se sente culpado pela morte da amiga, assim como ela. Cody não se perdoava por não ter descoberto o que a amiga planejava, não ter percebido os sinais, e não perdoava a amiga por ter escondido isso dela.

Após descobrir um arquivo criptografado no computador de Megan, Cody conta com a ajuda de um amigo nerd para abri-lo e descobre vários arquivos bastante assustadores que antecederam o meticulosamente premeditado suicídio da amiga. Cody mergulha no submundo de grupos de apoio ao suicídio que Meg frequentava para tentar descobrir o que levou a amiga a tomar tal decisão. 




O mais chocante é saber que a autora dedica seu livro a uma jovem, que assim como Megan, colocou um ponto final em sua própria vida. Suzy Gonzales fez parte de um artigo em que a autora, como jornalista, estuda os motivos que levam as pessoas ao suicídio e faz um apelo a quem tem esse tipo de pensamento para que procure ajuda. Na nota da autora, na bela edição da Editora Arqueiro, existe uma indicação do site "CVV - Centro de Valorização da Vida", associado ao "Befrienders Worldwide", que busca a prevenção do suicídio. O site possui a área "Divida com a gente" para quem precisa de apoio emocional do CVV. 

Fico feliz em ler um livro com assunto clichê adolescente (amigos, faculdade, namoros) tratar de um assunto social importantíssimo e espero que ajude alguém, nem que seja apenas uma pessoa, a superar esse momento difícil.


Obrigada pela visita e volte Sempre às Quatro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Publi Nosso de Cada Dia