20 de julho de 2016

O Médico & O Monstro: Dr. Jekyll e Mr. Hyde

O Médico & O Monstro: Dr. Jekyll e Mr. Hyde
O Médico e O Monstro e O Arnaldo preguiçoso

Lançado em 1886 e escrito por Robert Louis Stevenson, "O Médico e O Monstro" é uma das obras clássicas do cenário inglês. O livro retrata a Londres daquela época, com suas diferenças sociais, com um tom gótico, adicionado de suspense e terror.

Com uma linguagem de fácil entendimento e de leitura rápida e agradável, somos apresentados a 3 personagens principais, a contrariar o que o título sugere: além de Dr. Jekyll e Mr. Hyde, "o médico e o monstro", ao longo da narrativa acompanhamos o suspense do ponto de vista de Mr. Utterson, um respeitado advogado e amigo de Dr. Jekyll.

Certo dia, durante uma caminhada pelas ruas nebulosas de Londres com seu amigo Richard, Mr. Utterson e ele começam a conversar sobre uma determinada porta em uma daquelas ruas. Richard conta que, certa vez, durante a madrugada, presenciou uma cena em que uma garotinha fora atropelada por um homem e que este não deu assistência à menina. 

Comovido com a situação, ele e os familiares da menina não deixaram o homem sair sem dar qualquer garantia para os cuidados com a garota. Aquele homem,  "com uma espécie de frieza negra e insolente, atemorizado também, mas dominando-se como um ser satânico", foi até aquela porta e voltou trazendo um cheque de outra pessoa no valor de quase cem libras, mas para surpresa de todos: com fundos.

O Médico & O Monstro: Dr. Jekyll e Mr. Hyde

A história até chamou a atenção do advogado, mas tudo toma outras proporções quando Mr. Utterson  ouve o nome do tal homem de aparência e comportamento frios e aterrorizantes: Mr. Hyde. Chegando em casa, abre seu cofre e lê novamente o testamento que tem sob sua custódia. Tal documento o aflige, tanto em âmbitos pessoais, quanto profissionais:
"em caso de falecimento de Henry Jekyll, Dr. em Medicina, Dr. em Direito, Dr. em Letras e membro da Royal Society, todos os seus bens fossem parar às mãos do seu «amigo e benfeitor, Edward Hyde», como também que, em caso do «desaparecimento ou ausência inexplicável» do Doutor Jekyll durante um período de tempo superior a três meses», o sobredito Edward Hyde entraria de posse dos bens daquele, sem mais dilação, e livre de obrigações para além do pagamento de uma pequena soma ao pessoal ao serviço do doutor"
Atormentado pelo que descobriu do então herdeiro de Dr. Jekyll, Mr. Utterson tenta descobrir qual a relação existente entre duas pessoas tão distintas: de um lado um médico conhecido e respeitado pela alta sociedade, e de outro um homem dado ao mundano e sombrio.

É com essa base que a história se desenvolve, abrangendo todos os mistérios dos dois personagens que fazem o advogado perder o sono em relação ao testamento que possui em suas mãos. A situação só tende a piorar quando um membro do parlamento é assassinado. E quem é o suspeito? Sim, Mr. Hyde!

O Médico & O Monstro: Dr. Jekyll e Mr. Hyde

Caso tenha interesse em ler o livro, sugiro não procurar nenhum trailer de filme, pois existem algumas adaptações para o cinema. Como eu não tinha nenhum tipo de spoiler (ninja, considerando que o livro teve sua primeira publicação em 1886), foi bem gratificante conhecer a história sem saber nada, apenas tendo minhas especulações adquiridas ao longo da leitura. 

Trata-se de uma história que vai além do suspense, investigação ou terror, mas de que abrange o que há no interior do ser humano.

Caso tenha lido o livro, ou se o recomenda (ou se não! Hahaha), deixe nos comentários! E lembre-se que esse post foi feito pra quem conseguiu chegar até aqui sem conhecer o tchan do livro, então seja gentil com seu próximo que ainda não conhece a história e sinalize o possível spoiler nos comentários! ;)


Obrigada pela visita e volte Sempre às Quatro!

2 comentários:

  1. Parece interessante. Me empresta? :O

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpa, não gosto de emprestar meus livros! Hahaha Mas é bem interessante mesmo, vale a pena! ;)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Publi Nosso de Cada Dia